identidade trans


Entidades LGBT pedem na Justiça para que transexuais tenham nome social aceito em documentos

Militantes de cinco entidades de defesa da cidadania LGBT enviaram nesta segunda-feira, 6, ofício à Procuradoria Geral da República pedindo para que ela interceda junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) na questão dos nomes sociais de pessoas trans.

As entidades pede que a Procuradoria apresente Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental junto ao Supremo para assegurar nacionalmente o direito de mudança de nome de travestis e transexuais que quiserem fazer essa troca.

O ofício foi enviado pela Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) em nome da Articulação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), Articulação Brasileira de Lésbicas (ABL), a rede E-Jovem, o Grupo de Pais e Mães de Homossexuais e CEN-Brasil – Coletivo de Entidades Negras.

Fonte: Mix Brasil

olho_no_olho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: