troféu luiz mott

Laci Araújo, Valdeck Almeida e Fernando Alcântara

Laci Araújo, Valdeck Almeida e Fernando Alcântara

O Grupo Liberdade Igualdade e Cidadania Homossexual – Glich – entregou o Troféu Cidadania Homossexual aos selecionados de 2009.A festa aconteceu no sábado (18/07) na sala principal do teatro da Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL, no centro da cidade de Feira de Santana.

Além da presença dos premiados, o evento contou com apresentações de Paulete Fast Food e Seus Moleques, grupo de balé Pele e Célia Zai, cantora feirense. Foram feitas homenagens aos 19 anos de morte do Cantor/Poeta Cazuza, falecido em 07 de Julho de 1990.

Gabriela Leite, da Ong DAVIDA, se emocionou ao receber o troféu, declarando que era uma honra ser lembrada pela segunda vez por entidades baianas.

Já Antônio Ferreira dos Santos, demitido do Bradesco por homofobia, disse que sua luta não era a luta de uma pessoa só e sim de todo o Brasil.

“Eu não fiquei só nesta batalha. O GGB (Grupo Gay da Bahia) me apoiou o tempo todo”, disse Antônio. “Luiz Mott, a quem eu tenho o prazer de conhecer pessoalmente neste evento, levantou bandeiras e lutou para que minha luta não fosse em vão”, desabafou.

A vereadora Léo Kret do Brasil arrancou aplausos da plateia quando dedicou o troféu a todas as Transexuais e Travestis do Brasil. “Eu aprendi muito com o projeto Se Ligue, do GGB, onde Cristiano trabalha com a prevenção de DSTs e AIDS, e também ajudando na autoestima dos jovens Gays que ali chegam”, agradeceu.

Léo Mendes, representando o site e a revista A CAPA, também agraciados com o troféu, conclamou todos a lutarem incessantemente contra o ódio e o preconceito.

Liu Alison, a Yolanda de “Ó paí, ó”, declarou que ficou muito feliz em ser escolhido para a premiação por seu trabalho positivo em prol da Comunidade GLBT. “O respeito aos Gays e Lésbicas só acontece quando lutamos e não escondemos o que somos”, disse.

Alison foi bem autêntico nas suas colocações e disse que “a gente tem que se impor, seja na rua, no trabalho ou em qualquer lugar. Sem militância não há vitória”.

Também marcaram presença no evento os escritores Enézio de Deus, Léo Dragone e Valdeck Almeida, dentre outras personalidades.

Desde que foi criado, o troféu já foi entregue a entidades e personalidades que se destacaram na militância contra a homofobia como: David Brasil, Jean Wyllys, Ex-Sargento Fernando, Ana Fadigas, Clóvis Casimiro (Tam), Carla Cristina, (Cantora) Luciano Lupo, (Mister Gay 2007) Augusto Rossi (Revista Junior), Valdeck Almeida de Jesus (escritor), dentre outros.

O Glich criou, há seis anos, o Troféu Cidadania Luiz Mott, que tem como objetivo premiar e reconhecer posturas ou ações afirmativas no enfretamento à homofobia, na prevenção das DST/AIDS e na promoção dos Direitos Humanos da população GLBT e das pessoas vivendo com HIV/AIDS.

Listas de Contemplados de 2009

Tarcisio Pimenta – Prefeito
Lucinha Araújo – Sociedade Viva Cazuza
Alcione Cedraz – Secretaria de Cultura
Gabriela Leite – ONG DAVIDA
Grupo GLBT OMINI – Cruz das Almas
Marta Rodriguez – Vereadora
Léo Kret – Vereadora
Eduardo Barbosa
A Capa – Site e Revista
Jornal do Planalto
Site Feira Show
Dra. Jurema Cintra
Antônio Ferreira do Santos
Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL
Casal Antônio do Santos e Manuel Alonso
Casal Laci e Fernando
Luís Alberto
Bar Bistrô 731
Léo Mendes
Liu Alison – Ó Paí Ó
Espetáculo Solange Tô Aberta

Central
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: