humor (ou porque danilo gentili está de mimimi…)

monty.python Todo humor ridiculariza algo ou alguém. A comicidade normalmente se dá pela sensação de superioridade das pessoas a quem o humor é dirigido sobre os demais. Eu sei que existem outras teorias do humor, mas acho que elas não fazem tanto sentido. Ninguém ri de alguém que parece ser superior, a menos que essa pessoa escorregue numa casca de banana e demonstre sua fragilidade. Entretanto, isso não quer dizer que todo humor seja igual. Eu vejo duas propriedades pra caracterizar o humor.

A primeira é se o humor é revolucionário ou reacionário.

O humor revolucionário é aquele que questiona o padrão, ridiculariza o lugar comum. Ele é um humor que questiona as estruturas sociais, mostrando o ridículo e a arbitrariedade por trás delas. Monty Python fazia isso direto, fazendo piada com o sistema judiciário, com a religião, com basicamente tudo que era tradicional e sagrado na inglaterra. É um humor transgressor e muitas vezes é visto como agressivo.

O humor reacionário é o contrário: Ele critica quem desvia do padrão, reforçando o mesmo. É um jeito de se unir as pessoas em torno de um ideal social vigente. O humor brasileiro de uma forma geral é um ótimo exemplo: ridiculariza o gordo, o pobre, o feio, a bicha… Quem não se encaixa na sociedade. Aquele tipo de piada em que o brasileiro sempre é o esperto é outro tipo desse humor: Se inferioriza outros povos, reafirmando o nosso.

RosaRosinha292 gods1

Outra forma de classificar o humor é pela profundidade. Não lembro onde foi que eu ouvi que existem duas formas de apreciação do humor: na primeira você ri do outro como se ele fosse algo separado de você, mas em seguida você se identifica com o outro e percebe que está rindo de si mesmo. Esse seria o potencial dramático que vem embutido no humor e a origem da frase que o humor vem da dor, usada por uns comediantes aí completamente fora de contexto.

Nesse caso depende em grande parte do público que assiste ter a sensibilidade de captar o humor de forma mais profunda. E do próprio humor facilitar esse tipo de relação. Quando o humor é feito usando como objeto o pária, a capacidade de identificação fica automaticamente dificultada, já que no cotidiano o pária é isolado e a identificação com ele é um tabu. Ninguém quer parecer gay.

bichocaneca1 E aí que mora o problema: fingir que se ignora o racismo, a homofobia e outras formas de preconceito não torna ninguém transgressor, torna burro. Não é uma questão de se proibir o humor, eu mesmo sou completamente contra o politicamente correto, mas em saber utilizá-lo de uma forma contestadora.

Chamar alguém de macaco ou de bicha não tem nada de novo, qualquer ultra-direitista faz isso. E ainda se leva a sério. Transgressivo seria fazer um humor gay, indo além do estereótipo. Criticando o estereótipo. Pervertendo o estereótipo. Coisa que as boas drags (te amo, Tália Bombinha) fazem.

É possível fazer humor com negros, gays e deficientes sem se recorrer às mesmas piadas de sempre. Até porque negros, gays e deficientes fazem piada consigo mesmos o tempo todo. Eles conhecem a própria realidade bem o suficiente para criticá-la através do humor. Claro, considerando que esses temas não sejam tabus pra eles mesmos. Grupos marginalizados costumam comprar a ideologia dominante e passar pó de arroz na cara na esperança de serem aceitos. Mas isso é drama e o assunto aqui é humor.

O problema não é o politicamente correto. É a falta de visão. É acreditar que reafirmar aquele estereótipo de quem está de fora é de alguma forma engraçado num mundo globalizado. Não, não existem mais outros. O que nos resta é ter humildade e rir de nós mesmos. Seria bom acreditar que uma nova geração de humoristas vai ser capaz disso.

439805797_b051b38af4

PS – Amo Jack MacFarland (de Will & Grace)e ele é uma grande piada com gays. E JAMAIS alguém pensou em dizer que o programa era homofóbico, muito pelo contrário. Então que tal parar de chorar quando lhe criticam e assumir a própria incompetência?

Anúncios

6 Respostas to “humor (ou porque danilo gentili está de mimimi…)”

  1. Mandou muito bem, Panthro – E, apesar de achar Will & Grace um seriado bem ruinzinho (e não por causa do Jack), concordo com o que você escreveu. Mas fiquei curioso: Qual foi a mimimizada do Danilo Gentilli que motivou esse texto?

  2. petitte Says:

    Simplesmente panthro.

    Considero essa crítica como um desafio àqueles que pretendem fazer humor.
    Enche o saco ver os bordões, piadas repetidas, etc…superficiais q doi.
    Superficialidade me deprime…Por essas e por outra que acho um tédio Zorra total, toma lá dá cá. praça e nossa….e tantos outos.

    Uma salva de palmas pra Betina Botox, pura crítica social a homofobia e aos “maus’ custumes.

  3. Marcelo Says:

    Amei o texto!! Amo o Jack e tudo o que ele representa, assim como o Sean Hayes tb. Adoro o humor ácido e britânico e atemporal do Monty Python.

    Pantrhito arrasou na pena!

    Aguardo os próximos textos!!!

  4. Un saludo gay desde España

  5. Jisuis Says:

    Como sou uma pessoa ‘jovem’ e ‘mega-atualizada’ dou um exemplo de comédia americana absurda que humilhava o preconceituoso.

    All in the family, década de 70, tinha um chefe de família racista, homofóbico, xenofóbico, antisemita e, se preconceito contra daltônico tiver nome, ele também era isto aí… os episódios abordaram temas polêmicos, inclusive câncer de mama, estupro, feminismo, ‘moralismos’.
    O preconceito era manifesto em cores fortes, sem ‘politicamente correto’ e rebatido no mesmo tom.

    O mimimi do gentili e de humoristas que não entendem a responsabilidade política do riso não é digno de nada. Nem de pena.
    Falta de intelecto humorístico responsável não é motivo pra rir.
    Nem pra ter pena.
    Talvez seja motivo pra trocar de emprego, ler mais, talicoisa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: