alexandres, os grandes

Alexandre Thomé Ivo Rajão1 busto-de-alexandre-o-grande-no-museu-capitoline-de-roma

1996 -2010

356 a.c – 323 a.c

Anúncios

2 Respostas to “alexandres, os grandes”

  1. Luis Felipe Moraes Says:

    Foi com imenso desprazer que soube do assassinato de Alexandre. Estava numa aula de Literatura quando a professora comentou a respeito.
    Um calor descontente me subiu à alma, a rasgar o corpo e a acovardar a mente, não disse nada. Mas as palavras que me saltam são de tristeza, indignação e outros sentimentos que não resolveriam o Problema da família de Alexandre e de outros.
    Gostaria de poder fazer algo grandioso que respondesse a essa violência inenarrável, que tira o Homem de sua essência, e faz da existência um fato inútil. Mas me cabem apenas essas palavras, que saem de um peito sangrando de tanto rimar “amor” e “dor”.

  2. As palavras me faltam e em seu lugar só restaram as lágrimas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: